Loading

Ponte dos Mentirosos - Sibiu, Romênia


			Ponte das Mentiras

Restauração da Ponte dos Mentirosos em Sibiu

Em outubro de 2006, a Kärcher realizou, orgulhosamente, a limpeza da Ponte do Mentiroso na cidade romena de Sibiu, a qual recebeu o título de "Capital Europeia da Cultura”, no ano seguinte. O trabalho foi realizado em estreita cooperação com os restauradores, conservacionistas de monumentos e cientistas. Foi dada especial atenção à preservação dos materiais originais.

A estrutura, erguida em 1859, foi a primeira ponte de ferro fundido no sudeste da Europa e é muito popular na Romênia. Diz-se que ela é chamada de "Ponte dos Mentirosos", porque ela entraria em colapso assim que atravessada por um mentiroso. A construção, localizada no coração da cidade medieval, mede 10,5 metros. Ela é composta de ferro fundido e alvenaria e suas fundações são feitas de blocos de arenito. As barras de arenito em formato de cornija, isto é, a moldura que remata o entablamento de uma coluna, transferem a força de reação do arco da ponte para a parede de tijolo logo abaixo.

Como parte do trabalho de restauração, primeiramente, foram escovados o velho muro e a pedra natural. Foram retiradas da pedra camadas de sujidade, escamações e crostas com centímetros e centímetros de espessura. A sujidade solta foi lavada à uma baixa pressão de 2-3 bar com uma pistola de jato Kärcher GS e algumas camadas mais resistentes foram desbastadas e diluídas. Foi utilizado como agente spray o silicato de alumínio. A seção de ferro fundido da ponte foi descascada com uma máquina Kärcher de jateamento de gelo seco. A vantagem deste procedimento de restauração é que ele não é corrosivo e quase nada abrasivo. Como resultado, os vários revestimentos antigos sobrepostos puderam ser delicadamente removidos de uma vez só, em várias locais, sem destruir a "pele de fundição" na superfície do ferro, que oferece uma natural proteção anti-corrosão.